NOTÍCIAS

4 Alimentos que farão você correr devagar

Todos os corredores querem correr mais rápido e muitos fazem o que for possível para consegui-lo. Usam suplementos alimentares, treinam em dois turnos, criam playlists especiais, etc. Mesmo assim não tem sucesso, em muitos casos devido ao consumo de alimentos inadequados que afetam o rendimento e fazem com que eles corram mais devagar. 

 A seguir mostramos uma lista de 4 alimentos/bebidas que você deve evitar. 

 1.- COMIDA TIPO JUNK FOOD 

Hambúrgueres e batatas fritas são comidas rápidas que você encontra em qualquer país do mundo. Se você é um corredor que deseja correr rápido e ter bons rendimentos, deveria eliminá-lasquase por completda sua alimentação. Proporcionam uma enorme quantidade de calorias, gorduras de má qualidade e muito poucos nutrientes que podem ser úteis para um runner. 

Se você curte esse tipo de comida, comê-las de vez em quando não deveria afetar muito, mas basear sua dieta nesse tipo de alimentos, vai arruinar sua saúde e rendimento. 

2.- BEBIDAS ALCOÓLICAS 

Os efeitos do consumo de álcool nos atletas são uma questão que já foi investigada em diversapesquisase vamos recorrer a elas para responder estas dúvidas. 

Em uma pesquisa de Lang, foram examinados os efeitos da administração aguda de álcool sobre a contratilidade ventricular esquerda mediante ecocardiografia e foi descoberto que o álcool tem um efeito depressor significativo no coração. 

 O álcool afeta o uso de substratos energéticos durante a atividade física. Dessa forma, foi demonstrado que o consumo de álcool diminui a glucose e a utilização de aminoácidos (Spolarics). O consumo de álcool induz à hipoglicemia e diminui o aparecimento de glicose no plasma pela diminuição da gliconeogênese hepática. 

O consumo de álcool reduz a densidade capilar dos músculos, o que poderia afetar o rendimento na hora de correr. 

 Uma pesquisa descobriu uma diferença significativa no aparecimento de lesões entre os atletas consumidores e não consumidores de álcool. Aqueles atletas que consomem álcool pelo menos uma vez por semana tem quase 2 vezes maior risco de lesões comparados com aqueles que não bebem (O´Brien) 

3.- FRUTOS SECOS (ADADOS OU SALGADOS) 

Os frutos secos são o tipo de alimentos que deveriam ser incorporados na nutrição diária dos corredores que desejam atingir o máximo rendimento. Falar de frutos secos é uma forma de mencionar as amêndoas, nozes, castanhas, etc., e aqui vamos mostrar as razões pelas quais, se você está treinando para uma maratona, deveria comê-los todos os dias. 

 Além de serem fáceis de transportar (são ideais para levar para o trabalho) e serem muito saborosos, os frutos secos estão carregados de nutrientes (são nutricionalmente densos) e por isso podem nos ajudar a complementar a dieta diária quando o volume de treino é muito alto. Porém, muitos corredores erram e, ao invés de consumir estes frutos no seu estado natural, utilizam produtos embalados com variantes doces ou salgadas. Cobertos de chocolate ou açúcar, fritos ou com sal. Podem ser muito saborosos, mas isso pode afetar o rendimento e a saúde. Além disso, podem gerar problemas estomacais que vão arruinar seus treinos ou competições (especialmente se forem consumidos antes de correr). 

4.- BARRAS PROTÉICAS 

Nos últimos anos as barras proteicas ganharam importância dentro do mundo dos suplementos esportivos e atualmente podemos consegui-las com muita facilidade. Existem de vários sabores e, embora seu nome parece indicar um alto conteúdo de proteínas, entre seus ingredientes costumam não faltam; 

.- Xarope de glicose; 

.- Algum tipo de ingrediente para dar sabor, por exemplo se falamos de barras de chocolate podem estar cobertas de chocolate ao leite que contém açúcar, manteiga de cacau, leite integral em pó, pasta de cacau, soro lácteo, emulsificante: lecitina de soja, aroma natural de baunilha; 

.- Xarope de milho de alta frutose (XMAF); 

.- Uns quantos ingredientes com diversas funções dentro da cozinha industrial. 

Alguns problemas destas barras que você deve conhecer: 

.- Não contém apenas proteínas, mas também uma elevada contribuição de carboidratos gordura. 

.- Uma barra proteica pode proporcionar entre 300 e 450 calorias. 

.- Se você ler os ingredientes das barras proteicas mais comercializadas, vai perceber que estão altamente processadas e costuma ser difícil encontrar aquelas que incluem algum ingrediente em um estado próximo ao natural (rara vez você vai encontrar nozes ou amêndoas inteiras por exemplo). 

Para mais dados de alimentação para atletas, acesse o site www.runfitners.com 

Veja o artigo original clicando aqui 

CONTACTO



Teléfono: +56 22 248 0631

Mail: Info@maratondesantiago.cl