NOTÍCIAS

Sobrecarga de panturrilha e sóleo: Causas e remédios

A sobrecarga das panturrilhas é uma lesão que muitos corredores (e outros esportistas) costumam sofrer.

Se você é um deles, nesta matéria você vai descobrir as possíveis causas e alguns bons remédios para evitar e/ou tratar esse tipo de lesão.

Primeiro vejamos um pouco a anatomia da panturrilha e quais são os músculos que ela tem.

Conheça sua panturrilha

A panturrilhas está formada por dois músculos: o gastrocnêmio (a famosa panturrilha) e o sóleo.

Tanto o gastrocnêmio como o sóleo estão unidos ao tendão de Aquiles, o tendão mais forte e grosso do corpo humano.

– Gastrocnêmio

O gastrocnêmio é maior músculo da panturrilha, possui duas partes ou “cabeças”, que juntas criam sua forma de diamante.

O gastrocnêmio colabora na flexão da articulação do joelho e a flexão plantar do tornozelo.

– Sóleo

O sóleo é um músculo largo e groso que está localizado embaixo do gastrocnêmio, pelo que uma gran parte dele não pode ser “vista”.

A função principal do sóleo é colaborar na flexão plantar do tornozelo.

O que causa a sobrecarga das panturrilhas?

Os músculos das panturrilhas têm uma importância significativa para os passos dados numa corrida.

Além de colaborar na flexão dos joelhos enquanto corremos e no movimento dos tornozelos, os músculos da panturrilha têm duas grandes funções importantes para um corredor.

Uma destas funções é importante na sua contribuição para o impulso do seu corpo para a frente a cada passo.

Porém, embora muitos acreditem que essa é a sua principal contribuição, a verdade é que os músculos da panturrilha se ativam ainda mais na fase do apoio.

Isso quer dizer que os músculos da panturrilha são vitais quando seus pés entram em contato com o chão, contribuindo para o equilíbrio e a absorção e distribuição do impacto.

Como consequência disso, as panturrilhas suportam cargas gigantescas a cada passo dado (de duas a três vezes o peso corporal).

Além disso, os fatores a seguir podem ser a grande causa da sobrecarga da panturrilha:

  1. Baixo desenvolvimento muscular

Assim como os demais músculos do corpo, as panturilhas precisam estímulos adequados para se tornarem fortes.

Sem dúvida o running é uma boa forma de torná-las mais fortes, mas também pode ser uma forma de “destruí-las”.

Mas como? Se treinarmos duro todos os dias, sem deixar que eles se recuperem, os problemas vão chegar inevitavelmente.

Além de correr, é recomendável incluir uma rotina de fortalecimento das pernas, incluindo as panturrilhas.

  1. Alongamentos errados

Devido à exigência dos treinamentos, é muito importante incluir em bom alongamento para as panturrilhas.

Se você é daqueles que termina de correr, e dedica 1 ou 2 minutos ao alongamento das pernas, é provável que este seja um dos motivos da sobrecarga das suas panturrilhas.

CONTACTO



Teléfono: +56 22 248 0631

Mail: Info@maratondesantiago.cl